Grupo III


Brincadeira é coisa séria!

Como é bom brincar! Como é bom participar de momentos prazerosos de alegria e amizade! Brincadeira é coisa séria, pois brincando, a criança se expressa, interage, aprende a lidar com o mundo que a cerca e forma a sua personalidade.

O brincar é tão importante para a criança, tanto quanto se alimentar, dormir e descansar. Durante o momento da brincadeira, a criança estabelece relações de conhecimento consigo, com os outros e com o mundo. Brincar é bom, gostoso, traz felicidade e as turmas do grupo III participam de várias brincadeiras coletivas, que proporcionam momentos de diversão e integração. Assim aconteceu com a brincadeira do “Coelhinho sai da toca” e com as diversas brincadeiras de roda.

Floresta encantada

No projeto “Brasil Diverso”, vivenciamos momentos de grandes descobertas com as crianças da turma. Na roda de conversa falamos sobre as peculiaridades deste nosso vasto país e sobre as pesquisas que faríamos em relação: – à importância do cuidado com a natureza – sobre os animais ameaçados em extinção – sobre as árvores que existem no Brasil. As pesquisas aguçaram ainda mais a curiosidade das crianças, que fizeram maravilhosas aprendizagens sobre o tema. Resolvemos, junto com o grupo, que poderíamos confeccionar e criar uma floresta, englobando todas as descobertas que foram feitas.

Para a nossa floresta, escolhemos algumas árvores conhecidas em nosso país. As crianças confeccionaram as árvores com formas geométricas. Os animais escolhidos pela turma foram feitos com dobraduras gigantes, iniciados com a participação da família.

Brincadeiras de roda

A Turma da Fazenda está explorando as brincadeiras de roda em vários momentos do nosso dia. Com muita alegria, as crianças vivenciam brincadeiras que envolvem música, movimentos corporais e prazer. Estamos descobrindo juntos que a música nos motiva e nos aproxima cada vez mais, de nossos amigos, que curtem com entusiasmo as cantigas de roda vivenciadas por gerações: dos avôs para os pais e de pais para seus filhos, entrelaçando a cultura adquirida ano após ano. Nosso grupo gosta muito de dramatizar e vivenciar estas cantigas de roda, demonstrando interesse em conhecer a letra e a melodia.

Nós professoras observamos que as nossas crianças brincam sozinhas, isto é, de forma independente, percebendo que é necessário formar círculos e de mãos dadas cantam com entusiasmo as cantigas de roda mais apreciadas por elas, que são: “Atirei o pau no gato”, “A Linda Rosa Juvenil”, “Fui à Espanha”, “De abóbora faz melão”, “Gigantão”, entre outras. O próprio grupo se organiza com muito empenho. As brincadeiras de roda favorecem e estimulam a socialização e integração de todos, desenvolvendo suas habilidades corporais, o senso rítmico e a organização coletiva.




Grupos


BA

BERÇÁRIO

I

GRUPO I

II

GRUPO II

IV

GRUPO IV

V

GRUPO V

X